Programação

MAR de Música | Linn da Quebrada + Vogue Ball

25 de agosto de 2017 | 18h às 22h
O Museu de Arte do Rio assume a produção do MAR de Música e promove a próxima edição do evento em celebração a diversidade de gênero. A festa que toma conta dos pilotis do museu será comandada pela cantora, dançarina e performer Linn da Quebrada, autora de singles como Talento e Enviadescer. E para agitar ainda mais os pilotis, vamos receber também a Vogue Ball e o VJ Helô Duran. Antes do show da Linn, haverá projeções de dois vídeos da artista Lyz Parayzo. 

Às 17h, haverá um bate papo com a Linn da Quebrada. Os interessados devem retirar suas senhas na bilheteria com 1h de antecedência. Esta ação está sujeita a lotação do espaço. 

Durante a festa acontecerão duas categorias de batalha com premiação em espécie + troféu.
>> Vogue Performance
>> Figura Revolucionária (venha montado com toda sua luta e glória, mostre seu empoderamento, protesto, crítica ou mensagem de maneira plástica e artística para botar todo tipo de preconceito abaixo). Nesta categoria, será julgada apenas a sua caracterização.

O evento contará com barraquinhas de comidas e bebidas típicas da Região Portuária, uma parceria com os Vizinhos do MAR. 

Curadoria do MAR de Música: Gabriel Moreno. Esta edição tem a colaboração de Julia Baker.

Capacidade: 1500 pessoas.
Classificação indicativa: 16 anos.

Ingressos
>> R$ 5 (meia)
>> R$ 10 (inteira)
:: Compras antecipadas, até a véspera do evento (dia anterior), terão o valor de meia-entrada.
:: No dia do evento a meia-entrada estará disponível somente para estudantes, idosos, jovens de até 21 anos, conforme legislação vigente.
:: Gratuito para crianças de até 5 anos.
:: Cada pessoa pode comprar até 4 ingressos.
:: Não haverá venda online para o MAR de Música.
:: Vizinhos do MAR devem retirar a sua gratuidade apenas no dia do evento. Cada Vizinho pode retirar 1 ingresso.

Informações importantes sobre o evento MAR de Música
:: O ingresso oferece entrada única, ou seja, não é permitido retornar ao evento após saída.
:: Para acesso ao evento é necessário passar por detectores de metais e revista.
:: É proibida a entrada com embalagem de vidro ou metal.
:: É proibida a venda de bebidas alcóolicas a menores de 18 anos.
:: É proibido fumar dentro da área interna do museu. O evento terá uma área reservada para fumantes.

Sobre a MC Linn da Quebrada 
Transexual, negra e periférica. Cantora, dançarina e performer, Linn encontrou na música uma poderosa arma na luta pela quebra de paradigmas sexuais, de gênero e corpo. Em 2016, a artista lançou os singles “Talento” e “Enviadescer” e neste ano abriu as atividades com a música “Bixa Preta”. Em abril de 2017 estreou “blasFêmea”, sua primeira experimentação audiovisual com a faixa “Mulher” e na sequência lançou a campanha de financiamento coletivo para a produção de seu próximo álbum, Pajubá, com meta total alcançada. Nos shows, Linn da Quebrada é acompanhada pela cantora e persona Jup do Bairro, o percussionista Valentino Valentino e pelo DJ Pininga.

Sobre Lyz Parayzo
Vive e trabalha no Rio de Janeiro. Manicura e puta-pornô-terrorista, Lyz Parayzo iniciou seus estudos na Escola de Artes Visuais (EAV) do Parque Lage e começou a invadir galerias de arte com intervenções estético-políticas. Como um vírus, subverteu os protocolos de poder dos espaços institucionais borrando as fronteiras do que é oficial. Tem o corpo como principal suporte de trabalho e sua performatividade diária como plataforma de pesquisa. Suas bombas-plásticas desestabilizam as tecnologias heteronormativas e coloniais, são projeções anabolizadas da sua existência. Vem desenvolvendo video-instalações com conteúdo pós-pornográfico, joias bélicas e atualmente está pesquisando as performances de gênero e classe a partir da cor em seu Salão Parayzo, dispositivo itinerante no qual atua como manicura. Foi indicada este ano ao Prêmio Investidor Profissional de Arte – PIPA.Este ano foi residente na Despina/ Largo das Artes  dentro da segunda edição do projeto Arte e Ativismo na América Latina.