Programação

UQ no MAR :: Cidade: formas de ocupar e resistir

26 de setembro de 2017 | 14h às 16h
Universidade das Quebradas (UQ) — curso de extensão da UFRJ coordenado pelas Profa. Numa Ciro e Heloísa Buarque de Hollanda — destinado a artistas e agentes culturais atuantes nos diferentes territórios da cidade. Desde 2014, o segundo semestre do curso, é desenvolvido pela Escola do Olhar. O programa da UQ no MAR deste ano, tem como tema principal "identidade nacional: a invenção do Brasil" e reúne artistas, pesquisadores e curadores e outros convidados em aulas abertas ao público geral.

Tema do dia: Cidade: formas de ocupar e resistir, com Opavivará (RJ) e José Guajajara, Aldeia Rexiste (RJ).

José Urutau Guajajara
Professor e mestre em Tupi pelo Museu Nacional da UFRJ, pós-graduado em educação indígena pela UFF e em línguas indígenas pela UFRJ. É uma das principais lideranças da Aldeia Maracanã. Pertence ao povo Tenetehara, 'verdadeiro ser humano', conhecido pela literatura como povo Wazaizara (Guajajara), 'dono do cocá', concentrado em sua maioria ao sul do estado do Maranhão.

Opavivará
É um coletivo de arte do Rio de Janeiro que desenvolve ações em locais públicos da cidade, galerias e instituições culturais, propondo deslocamentos e inversões dos modos de uso e ocupação do espaço urbano, através da criação de disparos poéticos, ambientes envolventes e dispositivos relacionais que geram experiências de cooperação, situações coletivas e momentos públicos. Desde sua criação em 2005, o grupo vem participando intensamente do panorama das artes contemporâneas.

:: Não é necessário inscrição para participar do encontro.
:: Espaço sujeito à lotação (50 pessoas)

Local: Escola do Olhar