Programação

Atendimento Escutadores

O projeto Escutadores promoverá todas as terças, dia de visitação gratuita no MAR, uma roda de conversa coletiva aberta a todos os públicos. Composto por artistas e profissionais psi, o projeto foi formado a partir de um convite dos integrantes da Clínica Pública de Psicanálise (SP), no workshop “Experimentação de uma clínica pública no Rio de Janeiro”.

A ação é uma das proposições da artista Graziela Kunsch e do psicanalista Daniel Guimarães em torno do espaço “Lugar de escuta/Escuta do lugar”, presente na mostra “Arte Democracia Utopia - quem não luta tá morto", em cartaz no museu. O objetivo é fazer circular afetos e permitir a escuta mútua, potencializando mecanismos de existência e re-existência, na perspectiva do cuidado coletivo e da promoção da saúde mental.

Os encontros semanais acontecerão no círculo de cadeiras “Lugar de escuta/Escuta do lugar”, no 1º andar do pavilhão de exposições, das 12h às 14h. Além da roda coletiva, o grupo também oferecerá conversas em dupla, às 10h, 11h, 15h, 16h, para aqueles que desejarem uma escuta mais íntima, aberta a qualquer possibilidade de fala sobre a vida, sofrimento, angústia e mal-estar. Cada conversa terá a duração aproximada de 50 minutos e, a partir da primeira, será possível combinar uma forma de continuidade.

Lugar de escuta - grupo espontâneo

Todas as terças-feiras, entre 12h e 14h

Recesso entre 19/12/2018 e 14/01/2019

Grupo aberto a quem quiser chegar e conversar coletivamente sobre a vida, dentro da exposição Arte Democracia Utopia - quem não lutá morto, no círculo de cadeiras chamado Lugar de escuta/Escuta do lugar. Os encontros são semanais, às terças-feiras, dia de visitação gratuita ao museu, entre 12h-14h, com uma dupla diferente de escutadores a cada mês/a cada quatro encontros. 

Escuta mútua - conversas em dupla

Todas as terças, às 10h, 11h, 15h e 16h

Recesso entre 19/12/2018 e 14/01/2019

Convite do grupo Escutadores para aqueles que desejam uma escuta mais íntima, aberta a qualquer possibilidade de fala sobre a vida, sofrimento, angústia e mal-estar. Uso das duplas de cadeiras posicionadas em janelas do espaço da exposição Arte Democracia Utopia - quem não luta tá morto, todas as terças-feiras, dia de visitação gratuita ao museu, às 10h, 11h, 15h e 16h. Cada conversa terá a duração aproximada de 50 minutos e presença de um integrante do grupo Escutadores. A partir da primeira conversa, será possível combinar uma forma de continuidade. Recesso entre 19/12 e 14/01.

Como funciona: a ideia é que as pessoas interessadas se apresentem no espaço expositivo, diretamente aos Escutadores, quando estes já não estiverem sentados, conversando com alguém. As pessoas serão recebidas por ordem de chegada, de acordo com a disponibilidade de Escutadores em cada horário divulgado. O círculo de cadeiras na outra sala da exposição poderá ser usado para espera e também para as pessoas que estiverem esperando conversarem entre si, se assim desejarem. Essas pessoas também poderão participar do grupo aberto, que terá início no mesmo círculo de cadeiras, ao meio-dia. 

As e os Escutadores são: Ana Thereza Ribeiro Coutinho, Anderson Caboi, André Morse, Audrei Santiago, Bruna Pinna Sousa, Daniela Mattos, Emilia Estrada, Gabriela Serfaty, Gisele da Silva Bandeira, Letícia Costa Barbosa, Luana Nogueira de Farias Moura, Manuela Leis Balsalobre, Marta Maria de Oliveira e Olivia Morgado Françozo.