Programação

Seminário Internacional Ruínas da Patrimonialização

10h às 18h30

Em dois tempos de reflexão, no Rio de Janeiro e em Paris, o seminário permitirá o debate sobre aquilo que nos discursos e práticas patrimoniais é percebido como “preservado”, “salvo”, ou um “bem comum”, mas que ao mesmo tempo banaliza economias locais, promove destruições de assentamentos informais, ou ainda transforma radicalmente as práticas culturais. Realizado pelo Prourb/FAU-UFRJ, o GEOPOL/UFRJ, a Université de Paris I, o L.A.A/Université Paris Ouest e o MAR.

Durante os três dias do evento serão realizadas conferências e mesas redondas, que irão reunir pesquisadores de horizontes universitários variados em torno de estudos de caso que tratam lugares, situações ou experiências precisas, tentando compreender aquilo que a patrimonialização fez ou faz dos objetos reconhecidos hoje como patrimônio. Entre valorização, apropriação, turistificação e desapropriação, quais são os tempos e práticas da patrimonialização que "arruínam" o objeto rotulado? Qual o lugar de irrupção do novo?

Dia 24 
Auditório do Prourb/UFRJ

Abertura
10h
Ruínas da Patrimonialização: embates, dinâmicas e tensões.

Margareth da Silva Pereira (PROURB-UFRJ)
Alessia de Biase (LAA, ENSAPLV, Paris)
Rafael Winter Ribeiro (PPGG-UFRJ)
Véronique Zamant (LAA, Laboratoire Architecture Anthropologie; Réseau LIEU)

Mesa Redonda 1
14h
Camadas da Memória e do Esquecimento
Coordenação: Andrea Borde (PROURB-UFRJ)

1. Ruínas, alteridades e a experiência urbana da noite: Espaços e tempos menores na Bahia de Todos os Santos.
Osnildo Adão Wan-Dall Junior. Doutorando no PPGAU/UFBA . Membro do Laboratório Urbano.

2. A natureza espacial e arquitetônica do patrimônio edificado.
Rafael Barcellos Santos. Doutorando no PROURB/ UFRJ. Membro do Laboratório de Estudos Urbanos.

3. Ruínas em Camadas
Aline Couri. Doutora em Urbanismo (PROURB/ UFRJ). Professora do Curso de História da Arte da Escola de Belas Artes (BAH/ EBA/ UFRJ) e Membro do Laboratório de Estudos Urbanos.

Mesa Redonda 2
16:30
Porto do Rio de Janeiro: patrimônio em disputa
Coordenação Fernanda Sánchez (EAU/UFF/PPGAU/GPDU)
Debatedora: Paola Berenstein-Jacques (PPGAU/UFBA)

1. Patrimônio e Recriação da Paisagem no Porto do Rio.
Leonardo Mezentier. Arquiteto Urbanista, Doutor em Planejamento Urbano (IPPUR/UFRJ). Professor da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense.

2. O Morro da Providência em disputa: patrimonialização e pacificação.
Clarissa Moreira. Doutora em Filosofia da Arte e da Arquitetura pela Universidade de Paris I –Sorbonne. Professora da EAU/UFF e associada ao Laboratório Globalização e Metrópole.

3. Porto: quilombos, ocupações e novas lutas.
Gláucia Marinho. Jornalista da organização de direitos humanos Justiça Global e colaboradora  do blog Pela Moradia.

4. Le quai des esclaves du Valongo. Modalités et enjeux de la « mise en patrimoine » d’une ruine palimpseste.
Jérôme Souty. Doutor em Antropologia Social (EHESS). Pesquisador (FAPERJ - PDJ 2010) na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPCIS/UERJ).

5. O processo de patrimonização da área urbana central carioca: uma perspectiva histórica.
Andréa da Rosa Sampaio. Doutora em Urbanismo (PROURB/UFRJ). Professora do PGAU/UFF e membro do grupo de pesquisa Laboratório de Patrimônio Cultural e Cidades Contemporâneas (LAPA/PROURB) .

Dia 25
Auditório do MAR -
Saiba mais 

Mesa redonda 1 - Ruínas da Gestão dos Objetos Patrimoniais

Mesa redonda 2 - O Valor Econômico do Patrimônio e suas Tensões

Mesa redonda 3 - Lutas Patrimoniais e Resistências Sociais

Dia 26
Auditório do MAR -
Saiba mais 

Mesa redonda 1 - O Porto do Rio de Janeiro: Patrimônios em Disputa

Mesa redonda 2 - A Patrimonialização da Paisagem e da Natureza

Encerramento